Saber tirar algo de bom de uma situação difícil é algo delicado, porém possível. E isso é o que provam algumas mulheres que apontam uma forte tendência na joalheria. Após se divorciarem, elas decidem derreter a aliança e assim criar uma nova joia. A peça levará parte da história do passado, porém com um novo sentido e de uma forma muito sustentável.

A música Derreter a Aliança dos cantores Zé Neto e Cristiano retrata uma realidade de muitos casais. Infelizmente nem todo relacionamento dá certo, conforme a expectativa e até mesmo acabam chegando em um fim nem sempre muito amigável.

Na letra da música dos cantores, eles apontam uma parte delicada do relacionamento: a troca de alianças. Em um trecho, eles cantam:

Eu tava tão certo quando eu decidi pedir a sua mão foi a maior besteira que eu fiz. Inocente eu fui, mal sabia o que estava por vir…Mais de cinco mil reais foi o que eu gastei. Nesse par de alianças eu me endividei

Então, após a desilusão amorosa, o desfecho da letra resume que por conta da decepção, a solução será derreter a aliança de ouro, para consumir o valor obtido em bebidas alcoólicas, ou seja, afogar as mágoas em uma mesa de bar.

Para os personagens da letra da música essa parece ser a melhor opções. Entretanto, segundo o jornal Daily Mail, para muitas mulheres afogar as mágoas não é o caminho. A opção é criativa e tem um final mais feliz! É uma solução que também envolverá o processo de derreter a aliança, porém com outras finalidades.

Aliança de casamento reinventada

Então, surge uma tendência na joalheria, em que muitas mulheres ao se divorciarem, procuram reinventar as alianças de casamento. A peça já não faz mais sentido matrimonial, afinal o casamento chegou ao fim. Entretanto, certamente a joia tem seu valor e também sua história.

Derreter a aliança
Uma opção após o divórcio é derreter a aliança e criar uma nova joia que pode ser um presente para para os filhos, por exemplo

Por isso, invés de deixar a peça guardada em algum lugar como um objeto sem sentido e inutilizado, as mulheres tiveram a ideia de criar novas joias. Além de sustentável, esse hábito de recriar joias a partir de peças prontas, já é uma tradição entre muitas famílias.

Aliança de Casamento
Após o divorcio, derreter a aliança e criar uma nova joia é uma boa opção

Um grande exemplo é a realeza britânica, que possui milhares de joias e ainda assim sempre reinventam peças sobre joias já existentes. A referência de moda e estilo princesa Diana é o melhor exemplo de pessoa que soube recriar várias joias, e a partir dos materiais  já existentes, conceber uma peça original.

Princesa Diana Broche Safira
A princesa Diana ganhou um broche de safira da rainha Elizabeth e após usar algumas vezes, ela o incorporou a essa icônica choker de pérolas

Então, se até mesmo uma das princesas mais importantes da realeza nos provou que reinventar joias é uma boa ideia, não há dúvidas do que fazer com a aliança de casamento pós divórcio. É possível derreter a aliança, aproveitar o metal nobre que compõe a peça, e caso haja alguma pedraria é possível reaproveitar também.

Motivos para usar a nova joia

Segundo o Daily Mail, algumas mulheres criam joias para uso próprio, como “anéis do divórcio” feitos a partir da aliança. Já outras preferem criar joias como colares e pulseiras para presentear os filhos. Então, a nova joia preserva sua origem e história, porém ressignificada. Então, de acordo com o jornal britânico, casa pessoa usa a joia com um sentido específico. Alguns deles são:

  • Usar a joia para ter um lembrete de como foi a relação no passado
  • Usar uma joia que ainda gosta muito
  • Usar a joia para marcar um recomeço
Anel de Ouro
É possível transformar a aliança em uma linda joia!

Portanto, se antes as alianças de casamento e os anéis solitários eram guardados por anos, sem ter nenhum sentido mais, hoje em dia as opções aumentaram. Então, no lugar de simplesmente vender uma joia por preços menores, é possível derreter a aliança e criar uma nova peça. E a partir dela, ter algo totalmente novo e com um novo significado também.

Leia também: A história e o significado da aliança de casamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *