A joalheria italiana Bulgari leva mais de 100 milhões de dólares em joias para serem exibidas no Museu do Kremlin. Entre as peças estão presentes joias milionárias que pertenceram a clientes ilustres como Elizabeth Taylor. A exposição da Bulgari fica em cartaz até janeiro de 2019 e marca uma retrospectiva em 132 anos de história da marca.

A exposição da Bulgari no museu do Kremlin faz uma homenagem a feminilidade. Afinal, as joias da mostra pertenceram a mulheres icônicas, como a atriz Elizabeth Taylor. O ícone do cinema americano era conhecida pela sua paixão por joias, especialmente, as da marca Bulgari.

Então, entre os mais de 100 milhões de dólares em joias exibidos na exposição da Bulgari estão presentes diversas joias da atriz. Um exemplo é o épico colar de esmeraldas, um velho conhecido dos admiradores de joias.

Por que em Moscou?

Segundo Jean Christophe Babin, presidente da Bulgari, Moscou foi o local escolhido para receber essa exposição tão importante, pois além de haver um interesse comercial por parte da joalheria, há também uma conexão espiritual.

Afinal, o Museu do Kremlin abriga milhares de joias históricas, como o Fundo de Diamantes, onde se exibe a coroa de Catarina, A Grande.

Exposição Bulgari Colares

Além disso, a joalheria russa mundialmente conhecida também tem muitas raízes na cultura grega e bizantina. Assim, como as próprias joias da Bulgari, marca italiana fundada pelo grego Sotírios Voúlgaris.

Exposição da Bulgari

A exposição traz 511 joias para exibição que chegam à um valor de mais de 100 milhões de dólares. As peças selecionadas por Lucia Buscaini, diretora curadora do departamento de marca e patrimônio da joalheria.

Exposição Bulgari

Para ela, levar joias da Bulgari para o Museu do Kremlin é um marco para a história da joalheria. Afinal, no museu russo estão as maiores autoridades da joalheria do mundo. Por isso, a exposição da Bulgari no Museu do Kremlin consolida a marca como uma das maiores e mais importantes joalherias do mundo todo.

Doação da joalheria ao museu

Para demonstrar o apreço pelo museu russo, a Bulgari decidiu doar uma peça icônica aos anfitriões da exposição. A doação faz parte também da mostra e é um colar que tem como pingentes duas moedas de prata. Nelas está presente uma efígie do imperador Constantino II. Essa joia histórica é produzida em ouro bizantino e diamantes.

Exposição Bulgari Colar

Joias icônicas da exposição

Entre as principais peças exibidas na exposição da Bulgari no Museu do Kremlin estão o colar de safira de 65 quilates de Elizabeth Taylor. A joia esplendorosa foi um presente que a atriz ganhou de seu marido Richard Burton.

Além das joias de Elizabeth Taylor estão presentes na exposição, peças como o anel trombino da atriz Anna Magnani com diamante de 25 quilates. Também o par de brincos em formato de gota de esmeraldas de 21 quilates emoldurados por 67 quilates de diamantes.

Exposição Bulgari Colar Esmeralda colombiana

Além disso, também está em exibição o colar Sete Maravilhas que tem como protagonistas 7 esmeraldas colombianas que totalizam mais de 118 quilates. Por fim, o colar com mais de 200 quilates de safiras do Ceilão, em cabochão. Essa é uma forma de lapidação arredondada e sem faces, a qual a Bulgari sempre mostrou muita expertise.

Estilo Bulgari

Além das peças milionárias que marcaram a história da Bulgari, a exposição também mostra seu estilo. Há setores inteiros dedicados aos estilos que marcaram a joalheria. Então, na exposição da Bulgari, encontra-se uma parte totalmente dedicada aos icônicos relógios de serpente.

Além disso, também estão presentes outras joias da coleção Serpenti, como os colares, brincos e pulseiras.

Exposição Bulgari Colar esmeralda

Também há joias que marcam época, como as que trazem referências bem presentes dos anos 70 e 80. Então, a inspiração está no estilo pop art. A exposição da Bulgari também traz joias reais. Um exemplo é a deslumbrante tiara de platina, diamantes e água marinha, usada pela princesa da Espanha, Beatriz, em 1935.

Exposição Bulgari Tiara

Para não dizer que o Brasil ficou de fora, na exposição estão sendo exibidas joias maravilhosas da socialite brasileira Carmen Mayrink Veiga. Além de cliente da joalheria, ela era referência de glamour e estilo. Então, o colar com 88 rubis, 71 esmeraldas e 348 diamantes é uma das peças da socialite em exibição.

Leia também: Wild Pop – Bulgari lança coleção inspirada nos anos 80

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.