Dando uma pequena pausa em nossa programação normal (rs) sobre semi joias e o mundo de acessórios, resolvemos falar um pouquinho sobre viagens aqui no blog! Se você está prestes a ir para Paris, não deixe de ler esse post, daremos algumas dicas de restaurantes, locais, monumentos e as famosas tourists traps (armadilhas de turistas) que ninguém nunca fala!! Como o post ficou bastante extenso, dividiremos o post em partes! A primeira será sobre restaurantes!

Muitos blogs de viagens contam só as coisas boas, mas nunca as armadilhas turísticas que nós, meros mortais, acabamos caindo ao ler uma imensidade de blogs por aí, não é mesmo? Fora as blogueiras que enaltecem absurdamente um local, ou por ganharem algum jabá ou porque o local está na moda, e aí você vai lá, gasta seu rico dinheirinho, para se aborrecer.. rs

Mas fiquem tranquilas (os), pois contarei aqui o que gostei e o que não gostei desta cidade incrível e que é uma das minhas preferidas do mundo!

Dicas de Restaurantes Em Paris

Se você gosta de gastronomia, com certeza irá concordar que uma das coisas mais gostosas de planejar uma viagem é pesquisar restaurantes! Ainda mais na Europa onde é possível comer muito bem e barato… Para isso, o tripadvisor é um ótimo canal, principalmente se você for daquelas chatas que nem eu que gosta de ler somente as bad reviews que geralmente sempre contam a verdade nua e crua!

Geralmente restaurantes que estão perto de lugares turísticos são quase sempre um tourist trap! Lembro que estava prestes a chover e estávamos na Notre Dame e como não tínhamos almoçado, acabamos parando em um bistrot bem de esquininha.. Nem preciso falar que foi muito ruim! Mas ao menos não foi super caro.. Porém nos salvou de um frio e uma baita chuva!

Seguem aqui então alguns dos restaurantes que são super famosos que visitei.. Uns foram acertos, já outros…

OBER MAMMA

O restaurante faz parte do Big Mamma Group. Foi quase uma missão impossível ir em algum restaurante do grupo, mais do que cheios, esses restaurantes não aceitam reservas e para tentar jantar você tem que chegar antes das 18h. O restaurante abre umas 18h30 e nessa hora já tem fila. Para vocês terem idéia o Pink Mamma tinha uma fila que quase dobrava a esquina na hora que abriu (e a rua era muito extensa), então o pessoal que chegou as 18h30 provavelmente foi jantar as 21h. Acho que depois das 21h eles não anotam nem mais o nome para ficar na lista de espera.

Tentamos jantar nos restaurantes do grupo umas 4 vezes, sem brincadeira.. Todas foram tentativas frustradas! Tanto é que só conseguimos almoçar no Ober Mamma, e foi quase perto do horário de fechar, então acredito que no almoço seja um melhor horário, pois praticamente chegamos e sentamos. Agora a pergunta que não quer calar: vale a pena? Sim!! Vale super a pena.. Em São Paulo não tem nenhum restaurante parecido, nem mesmo o Mamma Modern Osteria.

restaurante ober mamma paris dicas

O restaurante é lindo, as louças são incríveis e os preços ótimos! Os pratos custam por volta de 15 euros e tem opções de pizzas e massas. De entrada pedimos uma salada de burrata para dividir, de prato principal pedi um spaghetti com molho de burrata e tomate que veio em uma panela muito fofa com uma flor em cima e a minha amiga pediu o macarrão com trufas que era bem mais barato que o Maison de La TruffeEu gostei muito do meu spaghetti!

Dividimos um tiramisu que estava bem bom e para beber um drink de pessego com manjericão. A conta deu por volta 25 euros para cada.

Dica: chegue cedo!

LOULOU

Uma das dicas dada por uma amiga nossa que morou muito tempo em Paris, o LouLou é um restaurante da moda. O restaurante é localizado no Musée des Arts, no Louvre que é enorme! Você consegue tanto sentar dentro como no jardim. Se você pegar um dia bonito, sente no jardim! Mas não esqueça a reserva, super importante!! Os franceses levam a sério esse negócio de reserva e mesmo quando o restaurante não está muito cheio, eles não deixam sentar! Por isso que os Mammas faturam muito.. Chegou, sentou, comeu e pagou! rs

Cardápio restaurante Lou Lou
Cardápio restaurante LouLou

De entrada pedimos uma burrata e dividimos em 3, estava muito gostosa!! De prato principal pedi novamente massa, mais uma vez spaghetti com burrata e que eu gostei bastante! Como já tínhamos comido pão, entrada e prato principal, dividimos o millefeuille em 3 também. A conta deu por volta de uns 45 euros sem nenhuma bebida alcóolica. Um restaurante com preço médio e que está na moda e é bem badalado. Vale a pena conhecer!

massas do restaurante lou lou paris
restaurante lou lou paris

Dica: faça reserva em uma mesa no terraço!

dicas de restaurantes em paris
Terraço do restaurante LouLou

KINUGAWA

Para quem ama um restaurante japonês, o Kinugawa é um super restaurante. Era tão bom que fomos 2 noites, perfeito para quem gosta de um ambiente descolado, animado, com gente bonita, ótimos pratos e um sashimi fresco e delicioso. Acho que é um restaurante mais para ir a noite do que durante o dia, afinal, durante o dia o ideal é investir em restaurantes mais baratos e mais rápidos para curtir mais tudo que Paris tem a oferecer.

Kinugawa Vendome
Kinugawa Vendome

O Kinugawa não é dos mais baratos, mas vale a pena… Eles tem duas unidades, o Kinugawa Vêndome e o Kinugawa Matignon. Fomos nos 2, mas eu acho que o Matignon é melhor. Um prato delicioso é o black cod miso, um bacalhau que não é nada comum por aqui, com a carne bem macia um pouco agridoce com molho de miso. Além disso, o restaurante tem diversos outros pratos bastante comuns em restaurantes japoneses como tempura, tartare, niguiris, californias…

dicas paris kinugawa

Se for, faça reservas! Demos sorte no Kinugawa Vêndome que o host foi super atencioso e arrumou uma mesa para nós.. Mas também era cedo, de repente se você tentar a sorte e for um pouquinho mais tarde não consiga jantar. Já o Matignon tivemos que fazer reserva.

Dica: Vá no Kinugawa Matignon e peça um black cod!

DAROCO

O Daroco é um restaurante que fica na Galerie Vivienne e também é um restaurante italiano, segundo nossa amiga, os restaurantes italianos estão na moda em Paris e por isso tem tantos. O Daroco é bastante charmoso e com gente bonita.. Mas a comida deixou a desejar! Acho que seja um restaurante onde seja melhor pedir a pizza, notei que muitos parisienses pediram pizza e estava com a cara bonita.

Já eu fui de burrata e macarrão com berinjela e pimentão. Não gosto muito de pimentão na comida, então acredito que seja por isso que não amei, mas não tinha muitas opções no cardápio, não achei que super valesse a visita!

dicas restaurantes paris daroco
galerie vivienne dicas paris
Galerie Vivienne

Dica: visite a Galerie Vivienne e se for no Daroco, peça pizza!

MAISON DE LA TRUFFE

Um dos restaurantes queridinhos das blogueiras… Sinceramente não achei incrível, não. Para começar é necessário ter reserva, por que mesmo se o restaurante estiver vazio, não deixarão você comer. E segundo que é um restaurante de médio a caro, depende do prato que você esteja planejando pedir.

Ao receber o cardápio,  você além de selecionar o prato, tem a opção de selecionar trufa desejada, são 2 tipos de trufa: a trufa da estação (é a mais barata e consequentemente talvez sem um gosto mais forte de trufa – vi alguns reviews de pessoas no tripadvisor que reclamaram que não tinha sabor nenhum) e a trufa negra (mais cara e mais forte, inclusive o garçom explica isso na hora). E se você não gosta de trufa, há também a opção também de pedir o prato sem trufa.

la maison de la truffe madeleine

A maioria dos restaurantes parisienses não cobra o couvert então você pode se esbaldar no pãozinho com azeite trufado! Para mim, o ponto forte desse restaurante foi o couvert! rs Como a comida demorou demais para chegar, foram umas 3 cestinhas de pão com muito azeite trufado. De prato principal, pedi Taglierini with Truffle and Truffled Cream e selecionei a trufa negra. Os pratos custam por volta de 50 euros. Foi mais ou menos o que gastei, pois não pedi sobremesa e nem entrada. A massa não estava ruim, mas faltou molho para deixar o prato, digamos, mais apetitoso. Para mim, pratos com trufas são um pouco enjoativos e como selecionei a trufa negra, lembrei dela até no fim do dia.. rs

dicas de paris maison de la truffe

No geral, o restaurante é razoável, o serviço um pouco lento e ruim, mas não dá para saber se os garçons dão uma sabotada nos turistas, haja visto que tinha bastante brasileiro no local… Falo isso, por que minhas amigas pediram a carne com foie gras e simplesmente o foie gras não veio no prato! Como o chef pode esquecer um elemento que leva o nome do prato? Resumindo, até voltaria, mas não achei imperdível.

E se você é um truffe addicted, tem uma pequena lojinha onde é possível comprar azeites e trufas.

Dica: peça o prato com a trufa negra para valer a pena!

LE BISTROT PAUL BERT

Estava super ansiosa para conhecer o Le Bistrot Paul Bert. Um restaurante que vira e mexe mostra em diversos canais de televisão de viagens, inclusive o renomado chef Anthony Bourdain que é bem exigente já comeu lá e disse que era um ótimo restaurante.

bistrot paul bert

Para começar já fomos mal atendidas, pois os franceses não são lá muito simpáticos… Nos perguntaram se tínhamos reserva e claro que não tínhamos! rs Então bem educado ele disse que não poderíamos sentar, apesar de o restaurante estar vazio e que naquela noite estavam cheios de reserva, se eu não queria reservar para o dia seguinte. Então concordei e no dia seguinte estávamos as 19h30 em ponto com medo de acontecer algo com a reserva. Assim que chegamos o rapaz do balcão já fez aquela cara: “ah voltaram mesmo…” rs e nos puseram para sentar na parte de trás do restaurante. O prato do dia era um pigeon ou mais conhecido como pombo. Claro que fizemos uma piadinha com o som do pombo, mas o garçom francês não foi muito com a cara da piada e nem com a nossa… rs

dicas restaurantes paris le bistrot paul bert

Lendo o tripadvisor, uma americana comentou que os franceses eles colocam para sentar na frente e os turistas nos fundos e faz muito sentido essa teoria dela.. Pedimos o famoso steak au poivre com batatas fritas. A carne estava ótima, macia e suculenta. O molho estava bom, mas se não tivesse cognac diria que teria sido 100% de acerto. Segundo uma amiga nossa, o molho tinha cheiro de bala toffee. rs As fritas estavam muito boas.

restaurante paris bistrot paul bert

Como já estávamos sendo pessoas non grata e tínhamos comprado uns docinhos no Cyril Lignac, resolvemos pular a sobremesa. O Bistrot Paul Bert é um restaurante que eu voltaria de repente para tentar experimentar outro prato.. Mas com reserva é claro!

Dica: faça reservas! 

 LE LOIR DANS THEIRE 

Esse bristot francês, se é que pode ser considerado assim, pois não tem aquela imagem típica de um real bistrot parisiense, é um local muito agradável e nada chique! É notável que a maioria das pessoas que frequenta esse restaurante são locais e tem pouquíssimos turistas. Come-se muito bem por pouco..

Por volta de uns 15 euros é possível comer o prato do dia ou uma omelete incrível com salada e uma coca (o refrigerante é mega caro na Europa, muitas vezes compensa até pedir água ou até mesmo uma taça de vinho).

Lembrando que 15 euros x 4,5 (cotação atual do euro) pode não parecer tão barato afinal são 68 reais, mas quem converte não se diverte e você tem que levar em conta a moeda local do lugar.. Nem no Mc Donald’s aqui do Brasil você paga 15 reais por uma refeição.

 

#leloirdanslatheiere #restaurant #salondethe #brunch #paris #marais #ruedesrosiers

Uma publicação compartilhada por Le Loir dans la Théière (@leloirdanslatheiere) em

le loir dans la theiere torta de limao
Tarte Citron

Todo dia eles preparam uma mesa de doces incrível e acabam sempre variando tanto os pratos como a sobremesa.. A torta de limão é o carro chefe do lugar, não cheguei a comer, mas morri de vontade, pois no dia que fui lá tínhamos uma reserva a noite em um restaurante e acabei almoçando mais de 16:00, então não queria sair empanturrada. Mas teve um dia que voltamos apenas para comprar a torta e comer no hotel e claro que já tinha acabado tudo! rs

Esse restaurante fica no Le Marais, então se você estiver planejando passear para lá, é uma ótima opção.

Dica: coma a tarte citron! E se tiver a tarte tropezienne!

LE SOUFFLE

Sinceramente achei esse restaurante um tourist trap total! Diversos blogs falam super bem desse restaurante, mas eu achei a maior furada. O restaurante é especializado em souffles e no almoço você paga um preço fixo para o souffle com uma salada e a sobremesa que também é um souffle doce.

le souffle dicas de paris

Eu traumatizei tanto que não consegui comer souffle desde então.. rs Pedi um souffle de queijo chevre com espinafre e a minha amiga pediu um souffle de queijo. Nós duas tivemos a impressão de comer espuma de colchão, totalmente sem gosto e sem sabor. rs De sobremesa ela pediu um souffle de chocolate e eu de limão.. Também não gostamos, parecia igual ao anterior, só que com açúcar..

Acredito que Paris deve ter lugar incríveis que ofereçam melhores souffles e com outras opções, pois comer souffle tanto na sobremesa como no prato principal é um pouco too much

Dica: tente pedir souffles que possam ter mais sabor.

ANGELINA

É mais uma boulangerie/pâtisserie do que um restaurante, mas a maioria das pâtisseries também servem comidas rápidas como um croque monsieur ou um pedaço de quiche com salada, baguetes, enfim.. Fomos lá 2 vezes, a primeira provamos o chocolate quente que todo mundo diz que é sensacional.. Não, não é!! Pelo menos na minha opinião.. Grosso e enjoativo, se estiver um dia muito quente então, você vai desejar ter pedido outra coisa.

doces angelina paris dicas

Dividimos em 2 e não conseguimos tomar nem metade.. A vitrine de doces encanta os olhos, eles possuem uma grande variedade de doces. Já provei o millefeuille que é bom, o profiterole que também é bom, mas não é nada de outro mundo e uma torta de framboesa que também estava bem ok. Agora a sobremesa que muitos dizem que é a melhor sobremesa, é a tal do Le Mont-Blanc!

le mont blanc
Le Mont Blanc

Por fora parece que é de chocolate, mas é uma mistura de castanhas. Quando perguntamos para a garçonete do que era feito, ela só respondeu um: Just nuts! Mas ela falou tão rápido que nós que estávamos em 3 não conseguimos identificar e achamos que era algum ingrediente diferente.. rs tanto é que depois perguntamos novamente e foi aí que entendemos.. Enjoativo, o doce é bem ruim, isso na opinião de 3 pessoas diferentes..

salão restaurante angelina dicas paris

No geral, o Angelina é uma pâtisserie cara e não tem os melhores doces de Paris. É um lugar bastante turístico e com bastante endereços espalhados em alguns principais pontos da cidade.

Dica: divida os doces com as amigas para poder experimentar tudo!

LE CHALET SAVOYARD

É um restaurante especializado em fondues e na famosa raclette que está na moda. Raclette na verdade não é o tipo de queijo, mas sim a maneira na qual ele é servido. Nós achamos o restaurante uma furada total, mas há quem goste! Além de ser um lugar para lá de turístico, pois ao chegarmos nos deparamos com umas 4 mesas de brasileiros, o restaurante tem um cheiro bem forte de queijo derretido que chega a ser quase insuportável, e olha que eu amo queijos!

No restaurante você seleciona a opção de queijo que quer que venha na raclette, serve 2 pessoas. O garçom então liga o aparelho para derreter o queijo e você tem que ir monitorando e tomar cuidado para o queijo acabar não queimando, mas o mais gostoso é comer o queijo com aquela casquinha dourada, então a missão acaba sendo bem difícil, por que se você deixa demais ele queima e se você deixa de menos não derrete direito…

dicas de restaurantes paris raclette
dicas de paris le chalet savoyard

Como acompanhamento para a raclette existem algumas opções de embutidos como: salames, pastramis, presuntos e outras carnes.. O pão que veio era bem ruim, não estava fresco e estava duro. Além disso, chega uma hora que a raclette acaba enjoando e junta com o cheiro do restaurante, que te faz querer ir embora.. O trabalho que dá para ter uma pequena quantidade de queijo no prato não compensa!

Quando fomos embora vimos umas mesas de uns franceses que pediram uma carne no rechaud que parecia estar infinitamente melhor do que a raclette.

Dica: tente outro prato!

 L’ATELIER DE JÖEL ROBUCHON

Esse definitivamente foi o restaurante que saímos mais revoltadas! Muito caro e para lá de pretensioso, é um restaurante gourmet com estrela Michelin. Não sei como tem pessoas que falam que é um bom restaurante.. Mesmo com reserva te mandam esperar no bar do hotel do lado, garçons grossos, não tem opção de cardápio em inglês e ainda ter que sentar no balcão acaba sendo bastante desconfortável.

joel robuchon

Pedi uma entrada de legumes que não tinha nada de especial e um bacalhau que estava totalmente cru por dentro, impossível de comer. A minha amiga pediu uma entrada de foie gras que ela não teve coragem de experimentar pelo cheiro (rs), mas eu experimentei e comprovei que era horrível.. E um prato de carne que ela pediu bem passado e nem ao ponto veio, estava completamente crua. Se o chef não vai respeitar sua vontade, não sei por que perguntam o ponto da carne.

No final, não tivemos nem coragem de pedir a sobremesa e a conta deu por volta de 100 euros por pessoa sem vinho e nenhuma outra bebida. Total tourist trap!

Dica: não vá!

CHOCOLATS CHAPON

Se você ama mousse de chocolate, o mousse do Chocolats Chapon foi eleito um dos melhores mousses de chocolate de Paris. Fui comprovar se era verdade e eu simplesmente amei! Cremoso, leve e com um sabor forte de chocolate, é totalmente viciante. Tem umas 3 ou 4 opções de mousse, mas eu escolhi o mais tradicional.

A mousse vem em um cone de papel e não é muito grande. Também não é barata, acho que custou por volta de uns 7 euros, mas valeu cada centavo. Era tão boa, que na mesma viagem voltei lá e comprei o potão que veio com quase umas 300 ou 400 gramas e comi tudo sozinha! rs

mousse de chocolate chapon paris

Na Chapon, eles também tem uns chocolates bem bonitos.. Mas eu acabei não experimentando.

Dica: coma a mousse por mim! rs

LE RELAIS DE VENISE

Do outro lado do Arco, esse restaurante esta sempre cheio! Acredito que pela fama e por ser um dos restaurantes mais antigos que servem carne com refil de batatas fritas. Há quem diga que ele é o melhor dos restaurantes de entrecote, mas eu discordo. Esperamos quase 1 hora para poder sentar e lá não aceitam reservas. A comida é ok, naquela mesma proposta do L’Entrecote de Paris que tem aqui em São Paulo, na verdade, mais para o molho do restaurante do Olivier. O molho é verde, cheio de especiarias e vem em cima da carne.

Pelo tempo de espera e pelo mau atendimento, não achei nada de mais. As garçonetes tentam ser simpáticas, mas acabam sendo um fiasco, só faltaram arremessar a carne e as batatas no prato. Desleixo total.. A conta deu por volta de uns 35 euros e não pedimos sobremesa. Acho que comemos melhor no L’Entrecote de Paris onde a carne veio no rechaud e a apresentação foi bem melhor.

dicas de paris le relais de venise

Também acabei lendo depois alguns reviews no tripadvisor que me fizeram abominar um pouco o lugar. Ok que ratos em restaurantes de Paris devem ser mais comuns do que imaginamos, afinal o filme Ratatouille não surgiu do nada, mas os clientes verem ratos transitando no meio do restaurante já é demais…

Dica: chegue cedo!

L’ENTRECOTE DE PARIS

Outro restaurante especializado em carne com molho e batatas fica quase na esquina da Champs Elysees. Nesse restaurante, que é bem parecido com o da rede que tem aqui no Brasil, o molho é mais amarelado, pois o ingrediente base é a mostarda. Achei a carne e as batatas boas, vieram no rechaud e com uma melhor apresentação do que no Le Relais de Venise.

dicas de restaurante l entrecote paris

A conta deu por volta de uns 30 euros também, mas pedimos uma mousse de chocolate que dividimos em 2. Comparando com o restaurante de cima, preferi esse, mas nada que justifique a ida ao restaurante em Paris, haja visto que aqui temos uma opção bastante similar.

Dica: peça a mousse de sobremesa!

CAFE DE FLORE

Outro lugar que é bastante visitado por brasileiros e turistas do mundo todo. O Cafe de Flore fica em Saint Germain e possui diversas opções no cardápio de comida, não necessariamente de doces e pães. Tomamos café da manhã lá e estava bem cheio, mas não gostei. Existem infinitas boulangeries melhores para tomar café da manhã em Paris como a Dalloyau, L’Atelier des Pains e até mesmo o café da manhã da Laduree.

cafe de flore dicas de restaurantes paris

Dica: peça um drink nas mesinhas da varanda e aprecie Saint Germain

L’ATELIER DES PAINS

Perto do hotel que nos hospedamos, esse lugar é pouco conhecido por turistas e muito frequentado por parisienses. Atendentes mais do que atrapalhadas, ainda mais com estrangeiros, mas com um café da manhã imperdível! Não deixe de pedir o famoso Pain Au Chocolat e Croissants. A baguete com queijo era muito boa, ainda mais se você pedir para aquecerem…

doces latelier des pains

Além disso, eles possuem diversos pães, tipos variados de baguetes e muitos doces. Fiquei morrendo de vontade de experimentar a mousse, mas quando fui lá para pegar, já tinha acabado.. rs Um must go em Paris, com bons preços.

Dica: peça o pain au chocolat e uma baguete de fromage e jambon quentinha!

CARETTE

Há quem diga que o melhor macaron é de lá.. Como não é meu doce preferido, então prefiro não opinar. Mas experimentei dois macarons de sabores diferentes, um de cereja e outro de camarelo.

Ambas indicações do atendente, geralmente perguntar aos atendentes sempre acaba sendo um acerto, mas claro que gosto é gosto e não se discute. Achei os macarons bons e fresquinhos, vale a pena conhecer! Fomos na Carette de Montmartre, mas o local possui outros endereços.

carette macarons paris
Fachada da Carette em Montmartre, Paris
dicas de paris carette

Dica: aprecie seu macaron andando pelas ruas de Montmartre!

FAUCHON

Vale a visita, a Fauchon ocupa uma grande espaço na Place de la Madeleine e possui as melhores eclairs de Paris. A de citron (limão) é muito boa.. Eles possuem uma enorme variedade de eclairs, com diferentes sabores e decorações. Já vimos até edições especiais com o jacarezinho da Lacoste.

dicas de paris fauchon
Parede da Fauchon cheia de boquinhas

Impecáveis na apresentação e no gosto. Também é um bom local para fazer almoço ou até mesmo tomar café da manhã.

dicas de paris fauchon

Dica: peça a eclair de citron

LA SOCIÉTÉ

Restaurante do grupo Costes de Paris tem uma comida ok, mas um pouco cara pelo que é, porém é possível escolher pratos mais em conta, como por exemplo o paillard de frango com chutney de manga (pedi para tirar o chutney de manga.. não sou nada chegada nisso, rs) com batatas fritas ou um steak tartare.

No entanto, o La Société não é um restaurante com muitas opções no menu, então se você não gosta muito de pratos agridoces ou apimentados, provavelmente não sobrará muitas opções. Na verdade já tinha ido nesse restaurante anteriormente e nesta última visita à Paris não sobrou outra opção neste dia em que visitamos o La Société, pois estávamos sem reserva em nenhum lugar e foi o único que nos deixou entrar (ou a hostess estava de bom humor ou porque estávamos bem vestidas, pois o restaurante é da modinha e super badalado).

Mas antes tentamos a sorte no L’Avenue (do mesmo grupo) e não deu certo, mesmo vazio a hostess não permitiu que sentássemos. É, francês é muito chato com esse lance de reserva! Outro restaurante do grupo é

De maneira geral, o La Société não é tudo isso que as blogueiras falam, um lugar bacana com gente bonita e razoavelmente caro. As batatinhas sim, são a única coisa incrível desse restaurante, finíssimas, são crocantes e bem feitas!

dicas de restaurante la societe

Dica: vá bem arrumado(a)!

E finalizamos aqui esse post bem extenso sobre alguns restaurantes de Paris.. Claro que Paris é lotada de outros bons e ruins restaurantes, mas esses são alguns dos restaurantes que provamos. Com certeza a melhor dica de todas é fazer aquele tour completo em cada bairro e ver onde os locais costumam ir, geralmente esses são os melhores lugares para comer. Enquanto estávamos em Montmartre, vimos diversos restaurantes que pareciam ser muito bons e absurdamente baratos e com certeza farei exatamente isso na minha próxima viagem à Paris!

Em breve farei um post sobre outras dicas sobre Paris, o que visitar, quais tickets são os melhores para comprar, etc.

Au revoir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.