Neste ano o MET- Metropolitan Museum of Art vai apresentar aos seus visitantes a Jelwery: The Body Transformed. A exposição de joias antigas do MET terá como temática o que são as joias e adornos corporais ao longo dos séculos. Além de peças históricas o museu também exibirá obras contemporâneas.

A joalheria está presente na vida humana há longa data… Portanto, desde os egípcios esses adornos corporais fazem parte da narrativa histórica dos seres humanos. Então, em cada uma das épocas ter e usar joias foi interpretado de uma maneira. Por isso, é justamente esse foco que o museu dará à exposição de joias antigas e atuais. A data de início da exposição é 12 de novembro deste ano.

Mesmo com a maioria de peças já pertencentes ao acervo do museu, a exposição promete. Então, o diferencial é que dessa vez as joias antigas estarão disponíveis para serem contempladas pelo público.

A exposição terá divisões narrativas como The Divine BodyThe Transcendent Body. No primeiro caso, há uma reflexão sobre a relação dos egípcios com a joalheria. Já na segunda temática serão abordados temas como misticismo e espiritualidade associados às pedras e metais preciosos.

Joias antigas em exibição no MET

Então, a exposição de joias antigas do MET contará com joias existentes a mais de 2.600 anos antes da era comum. Além disso, em todo tempo será abordado como a ideia de joias associadas a riqueza e poder vem permeando a sociedade há anos.

Ainda para complementar a exposição, haverá muitas fotografias e obras de arte plástica. Então, o intuito principal é contar essa história junto as peças icônicas. Segundo nota do museu, a exposição contará com os seguintes elementos:

…uma deslumbrante variedade de cocares e ornamentos de orelha, broches e cintos, colares e anéis será mostrada juntamente com esculturas, pinturas, gravuras e fotografias, com o objetivo de enriquecer e amplificar as muitas histórias de transformação contadas pelas peças.

Por isso, quem tiver oportunidade de visitar Nova York, ir à exposição pode ser uma oportunidade e tanto. O período de exibição é de 12 de novembro de 2018 à 24 de fevereiro de 2019. Essa é uma chance de conhecer peças que contam muito sobre a história da humanidade. Além disso, envolve toda a relação dos homens com os bens materiais preciosos, como as joias, ao longo dos séculos.

Tipos de joias antigas do museu

Então, veja algumas obras divulgadas pelo Museu que possivelmente farão parte dessa exposição incrível!

Bracelete Bizantino Antigo
Bracelete do Império Bizantino 500- 700 d.c. / Reprodução: Metropolitan Museum of Art
Brincos gregos
Brincos gregos 300 a.c./ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Broche antigo europeu
Broche de bronze da europeu 1200–800 a.c./ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Colar antigo século 19
Colar do século XIX / Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Colar de prata italiano
Colar de prata da Itália de 1973/ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Colar indiano antigo
Colar de casamento indiano do século XIX/ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Exposição de joias antigas met
Adorno peruano século XII – XIV/ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Pingente de ouro antigo
Pingente de ouro antigo/ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,
Sandálias de ouro
Sandálias de ouro egípcias 1479 a.c./ Reprodução: Metropolitan Museum of Art,

Portanto, se tiver chance, não deixe de visitar essa exposição que reunirá as principais joias que marcaram a história humana e também da joalheria.

Leia também: Museu do Ouro de Bogotá reúne 54 mil peças pré hispânicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.